Arquivo da tag: quartzos mestres

Quartzo “Cetro”

QUARTZO CETRO

 

Cetro de Quartzo Fumê - Coleção Luiz Menezes

O quartzo é o mineral mais abundante na natureza. Ele aparece em uma infinidade de formas e cores, traz inúmeros tipos de inclusões e é encontrado praticamente em todos os pontos do planeta.

Uma de suas formas mais interessantes é o “cetro”, quando primeiro um cristal se forma e posteriormente outro cristal cresce sobre a ponta do primeiro, reproduzindo a aparência de um cetro.

Algumas vezes, a haste e a ponta do cetro são de tipos diferentes de quartzo, como por exemplo quartzo incolor na haste e ametista na ponta, ou quartzo incolor na haste e quartzo fumê na ponta, etc

Cetro de Ametista - Santana da Mangueira, Paraíba

De grande beleza também são os cetros de quartzo rosa. Estes normalmente são pequenos em tamanho, mas sua delicadeza é impressionante.

Cetros de quartzo achados em Minas Gerais

 

Quartzo Cetro com Turmalina Verde - Barra do Salinas, Minas Gerais -Coleção Luiz Menezes

 

 

Cetro de Ametista - Santa Maria do Jetibá, Espírito Santo - Coleção Luiz Menezes

 

Cetro de Quartzo Fumê - São Geraldo do Baixio, Mias Gerais - Coleção Luiz Menezes

"Cetro" de Ametista - Felício dos Santos, MG - Coleção Luiz Menezes

Cetros da Ametista - México

Segundo os estudiosos das propriedades energéticas dos cristais como a nossa querida Melody em seu livro “Love is in The Eatrh”, o quartzo cetro era usado em cerimônias de cura na antiga Atlândida e na Lemúria sendo um símbolo de poder naquelas civilizações, usado apenas pelos altos sacerdotes.

Tem excelente poder de transimssão  direcional, canalizando a energia para dentro da matéria.

Cetro de Quartzo Rosa - Galiléia, Minas Gerais

Cetro de Quartzo Rosa - Galiléia, Minas Gerais

Vocês podem encontrar os “cetros” e muitos outros quartzos em nossa loja virtual, no seguinte endereço: loja.luizmenezes.com.br

Abs e até a próxima

Equipe da Luiz Menezes Minerais

Quartzo com marcas de raio

QUARTZO C MARCAS DE RAIO

Quartzo com marca de raios… o que será isso??

Essa excepcional curiosidade científica e esotérica tem sido muito estudada recentemente, tanto em pesquisas acadêmicas como por pessoas reputadas no meio esotérico como “altamente sensitivas”.
Peço desde já perdão aos puristas, pois a linguagem que usaremos será totalmente voltada à compreensão do conceito por parte de pessoas leigas.

Quartzos com marcas de raio são cristais de quartzo que apresentam fraturas em forma de “rastros” em sua superfície, como ilustra a foto abaixo, e que resultam do choque gerado pelo impacto de um raio na rocha onde o quartzo se formou (notem que o impacto do raio foi no solo, não no cristal em si).

Tais fraturas apresentam-se com características muito peculiares que evidenciam que foram criadas “de dentro para fora” (foto abaixo), ou seja, não resultam de qualquer agressão feita ao quartzo de forma intencional.

Dados científicos

Como se sabe, o quartzo possui propriedades piezoelétricas, ou seja, sofre contrações e distensões em seu volume quando submetido a variação de voltagem em seus extremos, sendo por isso utilizado em larga escala na fabricação de relógios.

Foi comprovado através da pesquisa abaixo que tal contração/expansão sob o efeito de uma descarga de altíssima voltagem produz nos quartzos o mencionado rastro.

A explicação científica vem de um estudo feito pelo professor Joachim Karfunkel, da UFMG, em parceria com vários colegas de universidades no exterior, como a de Viena, Áustria, Ilmenau, na Alemanha, e do United States Geolocical Survey de Denver, Estados Unidos, entre outros.

O estudo teve por meta constatar a veracidade da história contada pelos garimpeiros da região da Serra do Espinhaço a respeito dos cristais de quartzo por lá encontrados e que apresentavam os tais “rastros”, sendo chamados por eles de “pedra de raio”.
O estudo incluiu desde análises de campo, avaliando dados na superfície das áreas de lavra aonde as “pedras de raio” foram encontradas, onde havia sinais de descargas elétricas sobre o solo, até testes em laboratório, feitos na Universidade de Viena, onde cristais intactos de quartzo da mesma região foram submetidos a descargas elétricas de características semelhantes às de um raio, e que efetivamente produziram nos cristais a mesma marca encontrada nas “pedras de raio”, comprovando assim a interessante tese.

Características esotéricas

Como consta no livro “Love is in the Earth”, da nossa querida Melody, o quartzo com marcas de raio faz parte do grupo conhecido como “Grand Formations”, aqueles a serem utilizados durante as grandes mudanças na Terra. Auxilia a superação de choques e traumas, canalizando a energia da luz na direção desejada, trazendo também a energia do amor com a intensidade de um relâmpago. Facilita espíritos inquietos a fazerem a transição entre os planos físico e espiritual de forma menos traumática. Trabalha no a tendência à inércia que muitas vezes fazem com que o indivíduo aceite a opressão, trazendo força e coragem para mudanças.

Quem quiser saber mais sobre os quartzos com marcas de raio e sobre o estudo citado acima é só nos contactar.

Até a próxima!!