Minerais com inclusões fluidas

Existem diversos tipos de inclusões em minerais e mineraloides. A existência de um material contido dentro um sólido natural constituído por outro material foi objeto de estudos e controvérsias ao longo da história da Mineralogia e, consequentemente, da Geologia.

Estas inclusões podem estar no estado sólido como, por exemplo, na forma de pequenos cristais de pirita inclusos na fluorita ou insetos no interior do âmbar.

Quando as inclusões não estão no estado sólido, damos a elas o nome de inclusões fluidas. Estas podem então ser constituídas por água, soluções diversas, gases (CO2, metano) e até petróleo.

Cristal de quartzo fumê com inclusão fluida.

Cristal de quartzo fumê com inclusão fluida.

Sua formação está ligada a processos físico-químicos atuantes durante a cristalização ou recristalização do mineral. A retenção da fase fluida no processo de formação do cristal é responsável pelo aprisionamento do material em estado não sólido.

A análise dessas inclusões podem ser úteis em diversos estudos petrológicos e também em pesquisas paleoclimáticas, dando subsídios a modelos de mudanças climáticas ao longo da história da Terra.

Confira em nosso site um exemplo fantástico de inclusão fluida em Quartzo Fumê:

http://loja.luizmenezes.com.br/quartzo-fume-com-inclus-o-fluida-600.html

Saudações,

Equipe Luiz Menezes Minerais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *